minttics.gov.ao
minttics projectos estruturantes

Os Projectos Estruturantes constituem uma categoria de acção composta por um conjunto de projectos que, além de implementarem políticas, buscam a reestruturação dos processos e gestão de tecnologia, a diversificação e inovação das práticas e procedimentos.

Projecto Andando Com As Tic/Centros Móveis é um Projecto que se materializa em salas de aulas móvel com computadores alimentados por energia solar que beneficia a população ao fornecer tecnologias de informação e comunicação bem como formação em informática para as escolas e comunidades do país que não dispõem de recursos para adquirir esses serviços. Além de ser capaz de chegar a qualquer escola, independentemente da sua localização, a sala de aulas móvel também disponibiliza um software de treinamento que atende a diferentes habilidades de aprendizagem, permitindo aos alunos um aprendizado conforme o seu ritmo de estudos.

Angola Online é um projecto social sem fins lucrativos com o objectivo de criar pontos de acesso público e gratuitos a Internet em diversos locais do País. Permite a qualquer indivíduo detentor de um dispositivo tecnológico com placa wireless (computador e ou smartphone) navegar gratuitamente pela Internet por um período máximo de 2 horas.

A Reestruturação da Angola Telecom visa reforçar a sustentabilidade económica e financeira, e rácios de gestão para melhor rentabilidade dos investimentos realizados na rede básica visando a aumentar a qualidade do serviço às populações, bem como diversificar o portefólio dos serviços Angola Telecom.

ANGOSAT é a denominação de um projecto do Programa Espacial Nacional (PEN), para a construção, lançamento e operação de satélites angolanos geoestacionários, para expansão dos serviços de comunicação via satélite (internet, rádio, telefonia e televisão), por todo território nacional. O Angosat-2 cobrirá toda a África e Parte da Europa.

O ANGOTIC – ANGOLA ICT FÓRUM é a combinação de fórum e exposição global de tecnologia de informação e comunicação, dedicado a acelerar a transformação digital empresarial de Angola e de África, a criação do Mercado Único Digital e promovendo o networking da comunidade tecnológica internacional.

O Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR) é um instituto público com sede em Luanda, que tem como atribuições gerais contribuir para a formação contínua e o aperfeiçoamento dos profissionais do ramo da Comunicação Social, a investigação científica e a assessoria técnica.

O projecto visa a construção de uma estrutura para emissão de chaves electrónicas e suporte de assinaturas electrónicas, assegurando a certificação digital.

Projecto que visa a transferência do domínio .AO para Angola, com vista a melhorar a eficiência da politica de gestão da estrutura da raiz principal do domínio «ao» e reforçar a segurança e protecção da soberania digital do Estado Angolano no ciberespaço, com medidas técnicas e administrativas.

Criação de uma infra-estrutura de prevenção a informação de incidentes informáticos transversal aos serviços da sociedade de informação. Tendo a missão de actuar de forma confiável no tratamento, resolução e resposta dos incidentes informáticos.

A estratégia do Governo para a Digitalização em Angola, está descrita no Livro Branco das Telecomunicações e Tecnologias de Informação. tendo havido nos últimos anos, vários investimentos públicos e privados nesse sentido.

N´Gola Digital é um projecto social sem fins lucrativos com o objectivo de atingir as populações menos favorecidas, criando espaços de acesso gratuito a salas de informática, equipados com computadores conectados a internet ou não, possibilitando o acesso fácil: aos websites, correio electrónico, estudos e pesquisas, cursos de curta duração, impressão de documentos, e outros serviços utilizando as novas tecnologias como recurso.

Enquadra-se no âmbito da Governação Electrónica, um modelo de governação moderna que tem vindo a ser adoptado por muitos países no mundo. Neste Portal além de notícias, estão igualmente disponíveis outras informações e serviços de utilidade pública para os cidadãos e as empresas.

O Executivo de Angola assume a Televisão Digital Terrestre como o principal meio de asseguramento de um serviço público de televisão moderna, interactiva, aberta e acessível a todos os angolanos. Pelo que o Migração digital visa no asseguramento da transição do Sistema analógico para Digital Terrestre.

Implantação de um sistema de informação integrado que permitirá a monitoração climática e a criação de serviços de valor agregado, com aumento da competência da estrutura graças ao Plano de Formação de pessoal do INAMET (formação inicial e permanente).

A ReMA é um projecto do Executivo Angolano que visa dotar o país de infra-estruturas (Mediatecas) para apoiar a população ao nível da educação, com recursos a tecnologia, ciência, cultura e arte, através da evolução das tradicionais bibliotecas, incorporando as tecnologias da informação e digitalização.

A Estratégia para a modernização e expansão da Rede Nacional de Banda Larga (RNBL), incide na reparação de troços de fibra óptica e dos links de micro ondas inoperacionais e a construção de novos, a partir das infraestruturas construídas.

Serviços Públicos Electrónicos é uma plataforma multiserviços que permite ao cidadão o acesso rápido a vários serviços do sector público de forma virtual tal como acontece com o registo de empresas e a impressão do cartão de segurança social.

Wi-Fi Grátis implantado pelo governo na capital e várias localidades no interior já beneficiou mais de 600 mil pessoas. O Programa Cidadão Digital, colocado em prática pelo Governo de Angola por meio do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias da Informação e Comunicação Social, consolida-se como um grande instrumento de democratização do acesso à internet em Angola.

Confira se tem um Spot perto de si

Inscreva-se para actualizações do minttics

Siga o minttics nas redes sociais

Canais de Atendimento

Fale connosco através dos Canais de Atendimento deste Ministério